domingo, 9 de julho de 2017

// ACMA // - Receita de Sangria de Frutos Vermelhos

Não sei se já conhecem o grupo ACMA – A Cultura Mora Aqui, mas é um projeto giríssimo para blogs que de alguma forma queiram deixar um pouco de lado os temas ditos mais “fúteis” de moda, beleza, etc e fazer um post de cultura pelo menos de 2 em 2 meses.
Desta vez o tema é Festas, Festejos e Festividades e é nos dada total liberdade para escolha do assunto, sendo a única regra não falar de moda ou beleza.

Ora assim sendo, e tendo em conta que este é o meu primeiro post para o ACMA, resolvi começar com qualquer coisa simples. Trago uma receita de algo que nunca falta nas minhas festas e que é tão típico aqui pela península Ibérica. A Sangria!


Claro que a Sangria é quase como o Bacalhau, há 1001 maneiras de ser feita, com todo o tipo de frutas e todo o tipo de mistura de bebidas. E a minha vai mesmo variando a fruta conforme a época do ano. Agora de verão gosto de algo direcionado para os frutos vermelhos.

Ingredientes para um jarro de 2l:


1 garrafa de vinho tinto (por norma uso Alentejano, mas podem usar qualquer um)
1 garrafa (25 cl) de cidra de frutos vermelhos
1 copo pequeno de vinho do porto
2 colheres de sopa de açúcar amarelo (ou mais se usarem fruta mais ácida)
Casca de ¼ de limão
¼ de Maçã
¼ de Pera
¼ de Laranja
¼ de Pêssego
½ Ameixa
4 Morangos
5 Uvas
5 Cerejas
Mirtilos

Preparação:


Num jarro coloca-se o vinho tinto, a cidra e o vinho do porto bem frios. Corta-se a fruta depois de lavada em pedacinhos pequenos (nunca retiro a casca, apenas os caroços e grainhas, mas isso fica ao gosto de cada um). Junta-se a casca do limão que podem partir em pedacinhos ou em tiras maiores e o açúcar amarelo. O ideal é servir de imediato, mas caso não seja possível deve ser guardada no frigorífico até servir.
Claro que, como disse antes, podem usar praticamente todo o tipo de fruta e nas quantidades que quiserem, neste caso tento usar mais os frutos vermelhos. No caso da laranja nunca misturo com limão. Uso um em fruto e outro apenas a casca para não ficar demasiado ácido. Para quem gosta do sabor, pode-se também juntar um pouco de vodka preta e até um pau de canela.
Agora de verão é algo que nunca pode faltar nas festas e convívios de amigos, mas atenção que nada de ultrapassar um copo ou dois! Isto pode saber a um refresco doce mas tem imenso álcool.


E vocês, gostam de sangria?
Que bebidas costumam preparar para as festas?
Para saberem mais sobre o ACMA basta enviarem um email para acma.cultura@gmail.com

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Mousse de Limpeza Nivea

Olá gente!!
Este post vem com um dia ou dois de atraso, mas ontem simplesmente esqueci-me de o publicar. É a única desculpa que tenho. Ok, posso culpar o calor absurdo que tem estado. Mas mais vale tarde que nunca, por isso aqui está ele.

Quem me segue não apenas aqui no blog, mas também no Instagram (É mesmo para seguir!!) já deve ter percebido que uma das minhas marcas de supermercado favoritas é a Nivea. Além da qualidade dos produtos, tem uma variedade espantosa e isso aliado ao preço acessível, coloca-a no meu top.


Ora hoje venho falar de um produto que tenho experimentado nas últimas semanas, a Mousse de Limpeza da Nivea. Começo por dizer que não estava à procura de nada do género quando andava a passear pela secção de higiene e beleza aqui do hipermercado mais perto de casa, no entanto reparei que tinham a marca em promoção e esta menina chamou a atenção primeiro pela cor do e até pelo formato do frasco, mais ainda do que pela necessidade. Não conhecia, estava bastante barato e pensei "Porque não experimentar?"
E lá vim para casa com um frasco engraçado de uma mousse que além de limpar em profundidade, promete ainda ser refrescante e hidratar a pele, enriquecida com vitamina E e Hidra IQ, recomendada para pele normal a mista.

Ao experimentar a primeira vez andei um pouco às aranhas a pensar qual seria a forma ideal de aplicar, se em pele seca ou molhada, se seria ideal em discos de limpeza ou bolinhas de algodão (já que nem sabia inicialmente qual a consistência disto depois de sair da embalagem). Experimentei primeiro na mão e não convenceu, passei para os discos desmaquilhantes e achei que não espalhava bem na pele. Entretanto fez-se-me luz e resolvi molhar o disco antes de usar. Tcharam!!! Funcionou lindamente e a partir daí foi fácil fazer a mousse deslizar pelo rosto.


Apesar de não arder nos olhos, noto que provoca alguma sensibilidade que desaparece assim que se passa por água e acredito que a maioria das pessoas nem note nada. Por norma isso acontece-me até com produtos específicos para olhos sensíveis. Com as utilizações, fui reparando que funciona muito bem até como desmaquilhante de rosto e não apenas para limpeza de pele.

Gostei da forma como cumpre a premissa não apenas da limpeza como também da hidratação. Assim que se passo por água noto logo a pele macia, como se tivesse acabado de colocar o creme hidratante. No entanto, apesar de anunciar ser refrescante, não notei nada nesse sentido, não houve qualquer tipo de frescura além da da água, o que considero uma pena, pois teria tornado este produto perfeito.

Apesar deste detalhe, gostei imenso da mousse. Um único pump é suficiente para limpar bem o rosto e remover restos de maquilhagem mais teimosos, o que significa que rende imenso. Já comprei à mais de um mês, tenho usado quase todos os dias e ainda tem imenso.  Sem dúvida que é uma compra a repetir!


Encontra-se à venda em todos os hipermercados, vem em frascos muito práticos de 150ml com um pump muito funcional. (Tendo em conta a duração de 12 meses depois de aberto, até poderiam apostar em frascos maiores!) e destina-se a pele normal a mista. No site da Nivea divulgam ainda uma mousse para pele seca e sensível, mas nunca o encontrei à venda aqui na zona. O preço habitual ronda os 5,50€ mas encontra-se várias vezes em promoção até mesmo de 50%, que vale bem a pena.