quinta-feira, 19 de abril de 2018

Toalhitas Desmaquilhantes Micelares Comodynes

Lembram-se que há uns tempos vos falei aqui sobre uma encomenda que fiz na Skin? Muitos de vocês mostraram interesse nas toalhitas desmaquilhantes da Comodynes, por isso hoje trago-vos a minha review.


Estas são toalhitas desmaquilhantes micelares que podem ser usadas no rosto e olhos, destinadas a pele normal. Dizem ser um 3 em 1 que substitui o leite, o tónico e o desmaquilhante de olhos, deixando a pele suave, tonificada e hidratada. Sem parabenos. 

Será que substituem mesmo?
A verdade é que raramente uso toalhitas desmaquilhantes, embora consiga bem entender a sua praticidade. E estas não fogem à regra. A embalagem é bastante pequena, compacta ideal para viajar e até mesmo para andar na mala em caso de alguma emergência. Logo por aí ganha pontos. Já as toalhitas em si, acho-as bastante suaves ao toque, nada ásperas na pele até quando é necessário aplicar mais pressão para retirar maquilhagem mais resistente. O cheiro é... a típico desmaquilhante, não sendo desagradável, não é nada de especial.


Retira bem a maquilhagem normal, apenas uma toalhita chega-me para todo o rosto. Apesar dos olhos serem uma área mais complicada, pelo menos no meu caso, não senti qualquer tipo de ardor, o que me deixou bastante satisfeita. Apesar da embalagem não fazer qualquer tipo de referência a maquilhagem à prova de água, as toalhitas conseguem remover praticamente tudo, se bem que é preciso insistir um pouco com o eyeliner e batons para que estes saiam. Ou seja, no que promete em substituir os desmaquilhantes, cumpre bem a função, indo mesmo além do esperado no caso de maquilhagem à prova de água.
No entanto, não acho que seja um bom sustituto do tónico. Além de haver sempre restos de máquilhagem que são impossíveis de remover, não considero que a pele fique devidamente regulada apenas com a passagem destas toalhitas. Se as usar uns dois ou três dias seguidos noto que os poros ganham mais visibilidade, tal como se não usasse tónico.
E claro que isto não substitui uma boa limpeza diária da pele. Mesmo desmaquilhada, de pois de passar o rosto por água, não há aquela sensação de limpeza, de frescura, que teria se tivesse usado outros produtos.


No entanto, para uma emergência durante o dia acho que são perfeitas. Ou até mesmo numa troca de maquilhagem de dia para noite ou numa situação pontual de viagem que não queiramos levar outros produtos. Para estas situações, a meu ver estão aprovadíssimas.

Estas toalhitas encontram-se em quase todos os hipermercados, ou lojas online vêm em embalagens de vários formatos, com 8, 10 ou 20 unidades e há um grande leque de escolha para todos os tipos de pele. O preço destas de 10 unidades ronda os 2-3€. Podem encontra-las aqui.

Já conheciam estas toalhitas?
Costumam usar toalhitas desmaquilhantes?
Também ficam com a mesma sensação que eu?

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Haul da Expocosmética


No post anterior, se bem se lembram, falei-vos da minha experiência na Expocosmética. Pois hoje, a pedido de várias famílias e tal como prometido, cá está o haul.

Confesso que levava uma lista de compras relativamente grande, de 16 produtos de cosmética e maquilhagem, da qual encontrei apenas 2. Daí a minha ideia da falta de variedade presente no evento. No entanto encontrei algumas coisas super giras que não tinha na lista. Vamos ver?


Logo à chegada, no stand da Inocos, encontrei coisinhas super fofas e tive de me controlar um pouco para não trazer tudo o que me apareceu à frente. Acabei por trazer apenas um verniz de base, um saquinho de 5 vernizes bem coloridos e ainda um conjunto de verniz e manteiguinha de corpo. Sim, eu sei que a última coisa que preciso são mais vernizes ou manteigas de corpo, mas estava tudo a preços tão bons que não resisti.


Depois tive uma brevíssima passagem pela Flormar, que apesar de existir cá em Aveiro, pouco ou nada conheço. Mas tinham-me falado do verniz transparente e resolvi trazer. Isto porque passei lá logo de manhã e estava ainda pouca gente no stand. Depois dessa hora foi a loucura. De qualquer forma este era um dos produtos que tinha na lista.


Outra coisa que comprei inesperadamente foi o champô purificante da Revlon Profissional. Eu sei que ainda nos saldos tinha trazido um, mas é um champô que uso imenso e este estava a um preço espetacular. Trouxe um frasco de 1litro ao preço a que normalmente compro o de 350ml.


Já no stand da Pluricosmética, foi onde encontrei alguma maquilhagem. Ia à procura de 2 dos novos batons Color Riche Matte da L'Oreal e encontrei apenas um. Resolvi aproveitar a promoção que tinham de Leve 4 Pague 2 e trouxe ainda as sombras eye paint Infalible e o eyeliner Tattoo Signature, tudo da mesma marca.



Outra paragem que fiz foi no stand da Perola & Flor, onde o senhor muito amavelmente me esteve a mostrar vários dos produtos que tinham, uma vez que não conhecia a empresa. De lá acabou por vir o batom líquido da Ingrid.



Apesar da enorme lista que levava, a nível de compras fiquei por aqui. No entanto ainda recebi um travel kit da Schwarzkopf com champô, spray condicionador e spray de brilho da gama Sun Protect, de 100ml cada, num necessaire bem giro e ótimo para o verão. Além disso também ganhei um travel size de 50ml de um champô micelar.


No stand da Record além de uma foto em plena pose de rainha com direito a coroa e ceptro, calhou-me ainda em sorte, um espelhinho duplo de aumento.


Ao longo do dia recebi várias amostras de champôs da Novex, marca de que ainda conheço pouco e da Real Natura que também quase nada conhecia até à pouco tempo, embora esteja para sair a review de um dos produtos deles.



E pronto, foram estas as compras e os recebidos uma vez que não encontrei mais nada do que queria e já tinha feito um desvio suficiente da lista. No entanto adorei as comprinhas que fiz e os miminhos que recebi.


Gostaram das comprinhas?
E dos produtinhos recebidos?
Também costumam fazer estes desvios das listas?

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Expocosmética


Ao fim de anos a adiar, no último Sábado fui, finalmente, à Expocosmética.
Confesso que passei as últimas semanas a debater comigo mesma se iria ou não. Não é que fique assim tão longe, mas sejamos sinceros, não é assim tão fácil lá chegar. Mas tinha bilhete, agarrei na mãe e fui. E o Konigvs foi um querido que nos andou a servir de motorista o dia inteiro (mas entre cosmética e jardins, preferiu ir visitar umas quintas nas redondezas).

Á partida já sabia que iria ser um dia cansativo, por isso dividi o tempo. Durante a manhã andei a comprar o que queria para depois não ter essa pressão e de tarde foi mais para visitar os outros espaços e conhecer as marcas e empresas por lá.


Acho que as minhas expectativas em relação à Expocosmética estavam bastante altas e talvez por isso tenha ficado desiludida com o que encontrei. Eu sei que a premissa da feira era cosmética, unhas e cabelos, mas quando logo no início se encontram stands na NYX e Flormar, pensei que afinal a diversidade na restante feira seria maior. Não foi! A maquilhagem foi mesmo atirada para segundo ou terceiro plano (para não dizer quarto ou quinto) e pouco mais encontrei por lá. Ok, isto não era uma feira de maquilhagem!

Passemos à cosmética! A diversidade era um pouco maior mas ainda assim ficou muito aquém das expectativas e o que encontrei era quase sempre muito focado no corpo e, comparativamente, quase nada no rosto.

Claro que as unhas e cabelos foram mesmo o grande forte do evento mas até nesses pontos encontrei uma enorme falta de variedade. Stand após stand o que encontrei foi mais do mesmo. A Pluricosmética em grande. A Andreia em imensos stands. A Embelleze além do próprio stand via-se aqui e ali. E... pouco mais. Mas e o resto? E as grandes marcas? Sinceramente, não entendo porque é que num universo tão vasto da cosmética, cabelos e unhas, num espaço de exposição tão grande, o que encontrei por lá foi... repetitivo e redutor.

A nível de preços, o que encontrei foi bastante bom e significativamente mais barato do que o que se vê em lojas e até online. Fiquei surpreendida por ver, dentro do mesmo evento, a oscilação de preços para o mesmo produto de stand para stand, incluído revendedores a vender o mesmo produto mais barato que o stand da marca. Daí valer a pena ir com atenção.

Quem ler este post apenas até aqui vai ficar a pensar que detestei o evento. Não. Não é o caso. Apesar de tudo isto, achei que a nível de preços estava tudo bastante mais acessível e só por aí valeria bem a pena a visita, principalmente para profissionais. Gostei de conhecer a Expocosmética, gostei muito da disponibilidade da maioria dos stands dar a conhecer os seus negócios. Ok, é para isso que ali estão, mas todas as questões foram sempre prontamente respondidas com muita simpatia. Gostei dos jogos e brincadeiras que muitos dos espaços criaram.

Apesar de ser um espaço fechado, com milhares de pessoas ali dentro não senti em momento algum aquela sensação claustrofóbica que muitas vezes acontece neste tipo de situações. Talvez a luz de milhares de projetores tenham ajudado nesse efeito, tal como o espaço criado para circular entre stands.

Posto isto, coloca-se a grande questão. Voltarei à Expocosmética? Não sei, talvez. Na realidade, não houve nada específico que não gostasse. Só acho que existe uma grande falta de variedade.

E por aqui, quem mais foi? O que acharam?
As comprinhas?
Mostro-vos tudo no próximo post!