segunda-feira, 9 de abril de 2018

Expocosmética


Ao fim de anos a adiar, no último Sábado fui, finalmente, à Expocosmética.
Confesso que passei as últimas semanas a debater comigo mesma se iria ou não. Não é que fique assim tão longe, mas sejamos sinceros, não é assim tão fácil lá chegar. Mas tinha bilhete, agarrei na mãe e fui. E o Konigvs foi um querido que nos andou a servir de motorista o dia inteiro (mas entre cosmética e jardins, preferiu ir visitar umas quintas nas redondezas).

Á partida já sabia que iria ser um dia cansativo, por isso dividi o tempo. Durante a manhã andei a comprar o que queria para depois não ter essa pressão e de tarde foi mais para visitar os outros espaços e conhecer as marcas e empresas por lá.


Acho que as minhas expectativas em relação à Expocosmética estavam bastante altas e talvez por isso tenha ficado desiludida com o que encontrei. Eu sei que a premissa da feira era cosmética, unhas e cabelos, mas quando logo no início se encontram stands na NYX e Flormar, pensei que afinal a diversidade na restante feira seria maior. Não foi! A maquilhagem foi mesmo atirada para segundo ou terceiro plano (para não dizer quarto ou quinto) e pouco mais encontrei por lá. Ok, isto não era uma feira de maquilhagem!

Passemos à cosmética! A diversidade era um pouco maior mas ainda assim ficou muito aquém das expectativas e o que encontrei era quase sempre muito focado no corpo e, comparativamente, quase nada no rosto.

Claro que as unhas e cabelos foram mesmo o grande forte do evento mas até nesses pontos encontrei uma enorme falta de variedade. Stand após stand o que encontrei foi mais do mesmo. A Pluricosmética em grande. A Andreia em imensos stands. A Embelleze além do próprio stand via-se aqui e ali. E... pouco mais. Mas e o resto? E as grandes marcas? Sinceramente, não entendo porque é que num universo tão vasto da cosmética, cabelos e unhas, num espaço de exposição tão grande, o que encontrei por lá foi... repetitivo e redutor.

A nível de preços, o que encontrei foi bastante bom e significativamente mais barato do que o que se vê em lojas e até online. Fiquei surpreendida por ver, dentro do mesmo evento, a oscilação de preços para o mesmo produto de stand para stand, incluído revendedores a vender o mesmo produto mais barato que o stand da marca. Daí valer a pena ir com atenção.

Quem ler este post apenas até aqui vai ficar a pensar que detestei o evento. Não. Não é o caso. Apesar de tudo isto, achei que a nível de preços estava tudo bastante mais acessível e só por aí valeria bem a pena a visita, principalmente para profissionais. Gostei de conhecer a Expocosmética, gostei muito da disponibilidade da maioria dos stands dar a conhecer os seus negócios. Ok, é para isso que ali estão, mas todas as questões foram sempre prontamente respondidas com muita simpatia. Gostei dos jogos e brincadeiras que muitos dos espaços criaram.

Apesar de ser um espaço fechado, com milhares de pessoas ali dentro não senti em momento algum aquela sensação claustrofóbica que muitas vezes acontece neste tipo de situações. Talvez a luz de milhares de projetores tenham ajudado nesse efeito, tal como o espaço criado para circular entre stands.

Posto isto, coloca-se a grande questão. Voltarei à Expocosmética? Não sei, talvez. Na realidade, não houve nada específico que não gostasse. Só acho que existe uma grande falta de variedade.

E por aqui, quem mais foi? O que acharam?
As comprinhas?
Mostro-vos tudo no próximo post! 

8 comentários:

  1. Também gostava bastante de ter ido, mas depois mostra as tuas compras
    Beijinhos
    Novo post (Review 2 Peças) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  2. Houve imensa gente a ir, eu pessoalmente não é o meu tipo de feiras, eu sou mais feiras de comida. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Já no ano passado foi assim, maquilhagem havia pouco, é mais direcionado para cabelos e unhas, mas gostei :)
    comprinhas, só na inoeh vernizes para mimar as seguidoras, e o meu João comprou uma cenas para ele para a barba!
    um grande beijinho
    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  4. Realmente eu numa feira de Cosmética só mesmo para fazer de acompanhante ou então aproveitar a elevada concentração de mulherio por metro quadrado para ver as vistas! Mas olha se não fosse contigo à Exponor,se calhar tão cedo não ia descobrir a Quinta / Museu de Santiago (e revisitar a Quinta da Conceição), os espaços verdes mais interessantes de Matosinhos. Por isso ambos saímos a ganhar ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Este ano não fui à Expocosmética, não deu jeito, até porque moro nos arredores de Lisboa ;)

    Mas o ano passado fui e achei que havia demasiada gente e era dificil ver tudo em condições e estava demasiado calor! De resto até gostei :)

    Depois mostra os produtos :D

    Beijinhos e boa semana <3
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Este ano não fui, mas prai há 2 ou 3 anos que vou e gosto sempre imenso!
    beijinhos
    A Princesa

    ResponderEliminar
  7. É mesmo uma questão de criatividade e de vermos determinado objeto com outros olhos :)

    Por acaso não fui. Aliás, ainda não consegui ir a nenhuma edição.
    É bom ver as vossas opiniões que tanto têm variado... :D

    NEW #OS5MAIS POST | THE FIVE MOST USED LIES! :D
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!
Será respondido aqui na página :)